A Importância Da Iluminação Residencial | Decoração

Parte importante da planta da casa, pensar na iluminação é um diferencial importante para a convivência e a decoração dentro do lar.

 

Saber iluminar um ambiente pode ser de extrema importância em uma enorme gama de aspectos que, muitas vezes, passam despercebidos na hora de desenhar a planta da casa. E, para encontrar as melhores ofertas em diferentes tipos de produtos para luzes confira na DKW Store.

Por exemplo, o rendimento de um funcionário é muito melhor quando a iluminação do ambiente é feita de forma adequada, promovendo uma atividade laboral. Assim como é possível dormir muito bem em um ambiente sem nenhum tipo de infiltração de luz.

Isso sem falar de todo o bem estar que a iluminação para casa pode trazer aos seres humanos, aguçando os sentidos, sensações, emoções, metabolismo… Enfim, um esquema de iluminação muito bem pensado é essencial para qualquer local.

Com a crise de energia que aconteceu em 2001, perdurando até hoje, houve um aumento gradativo para os projetos para iluminação de casas e empreendimentos sejam feitos se utilizando de tetos e paredes de vidro, grandes janelas e até aberturas maiores, deixando o imóvel muito mais atraente, além de ajudarem em uma contenção de gastos com energia elétrica.

Com a luz solar entrando para a iluminação, lâmpadas, refletores e holofotes se voltam para o trabalho de iluminarem apenas durante os períodos mais escuros, auxiliando na diminuição do consumo elétrico.

Junto a isso, as próprias lâmpadas têm evoluído em uma velocidade exponencial. É possível encontrar tipos de lâmpadas utilizada em projetos com iluminação de LED, que também garantem uma excelente economia de energia, além de serem sustentáveis.

Como são mudanças que vem acontecendo de maneira gradativa, elas vão gerando novas necessidades e tipos de iluminação para as pessoas e para o mercado, com isso, até a profissão está se valorizando e sendo mais requisitada: O profissional de iluminação.

Esse profissional conhece todos os fundamentos e conceitos possíveis da luz, fazendo a utilização correta tanto de itens internos, como lâmpadas e luminárias, quanto externos, com os tipos de refletores e holofotes, dando efeitos luminotécnicos adequados aos ambientes, garantindo que a casa, empresa ou indústria tenha a medida certa de iluminação em ambientesPor isso, seguem algumas dicas para você entender como fazer o planejamento de iluminação de ambientes, seja a sua casa, empresa ou qualquer outro local.

 

Conheça a sua necessidade

 

Na criação de um projeto de iluminação de casa, há vários pontos que precisam ser levados em conta, como o tipo de moradia ou estabelecimento, objetivo de utilização dos ambientes, quantidade de luz natural que eles já recebem.

Entender todas as suas necessidades e preferências é o canal central para entender como o projeto de iluminação para casa será trabalhado. Com isso, já é possível passar para o próximo passo, que é preparar o projeto e, efetivamente, escolher as luzes para sua casa.

 

 

Por exemplo, em uma loja de artigos para casa, toda a iluminação precisa ser mais amarelada, para que o público não se sinta muito intimidado, mas sim, o mais confortável possível para fazer as compras dos aparelhos domésticos.

Já em uma loja de tecnologia, a iluminação de sala deverá ser branca, dando a idéia de clareza, rapidez e produtos futuristas, fazendo o cliente se interessar muito mais pela compra.

A mesma idéia se aplica para a iluminação residencial. Se você quiser dar a impressão de uma casa maior, a iluminação em LED precisa ser feita de uma forma mais forte, com lâmpadas brancas e expostas pelo local. Já no método inverso, para criar um ambiente mais aconchegante e reservado, a luz precisa ser pensada e disposta de maneira diferente, sendo trabalhada mais escondida.

 

Trabalhando a iluminação natural e artificial

 

A maior dificuldade de se trabalhar com a iluminação, externa ou interna é encontrar o equilíbrio perfeito da combinação entre os dois tipos de luz que existem: A iluminação natural e a artificial.

 

Luz Natural

Modelo de iluminação autogerada, ela contém comprimentos de luz curtos e longos, dependendo da sua extremidade. Os efeitos e sensações que podem causar em um ambiente são muito bem-vindos. Podendo encontrada em diferentes modalidades essa é a luz que traz conforto para as pessoas, entre a luz da manhã, do meio-dia e da tarde.

Durante a incidência desse tipo de iluminação na casa, pouca ou nenhuma luz artificial é necessária. Dependendo do projeto, é possível até utilizar algum tipo de luz de destaque ou difusa, para ser colocada no começo do anoitecer. Tudo vai depender do tipo de utilização dos proprietários.

No entanto, saber utilizar a luz natural pode facilitar qualquer tipo de controle de consumo da energia elétrica, um dos pontos centrais de qualquer plano de iluminação para casa.

Luz artificial

Gerada por meio de uma fonte não natural, somente por ela que muitas atividades humanas podem ser exercidas com a existência da iluminação artificial. Ela possui menos benefícios para os seres humanos, pelo fato de não possuir todos os aspectos de cores que a luz natural tem, não trazendo nenhum benefício para o corpo humano.

A grande vantagem dessa luz nos ambientes, é que ela pode ser controlada e direcionada conforme a vontade e a necessidade das pessoas que ali habitam. Para um dia mais nublado, em que a luz solar não causa o efeito esperado, a iluminação residencial artificial toma seu lugar, trazendo claridade.

 

A importância da iluminação de casas na decoração

 

Última parte do todo, a decoração é responsável por dar vida ao projeto e mostrar todo o bom ou mal gosto de seu proprietário. Tudo tem que ser levado em conta nessa hora, seja com a disposição do mobiliário, portas, janelas, entradas e saídas, assim como a textura de paredes, piso e teto. Assim como a luz.

Dentro disso, o erro mais comum e grave encontrado em todos os projetos ficam com base no trabalho de iluminação externa e interna. Com isso, é possível encontrar locais muito ou pouco iluminados, podendo comprometer todo o restante da decoração.

Toda a estética, praticidade, elegância e beleza do projeto final, esses são os aspectos que devem ser levados em conta na hora de projetar a iluminação de qualquer ambiente. Para isso, existem estudos sobre higiene visual, decorando interiores residenciais, bem como prescrições científicas, comerciais e industriais.

Seja para a parte interna, quanto para a parte externa da casa, é preciso escolher quais os elementos serão valorizados. Por isso, o mais importante é visualizar o projeto final antes mesmo de estar acabado. Afinal, o espaço sempre deve ter um objetivo.

 

 

Para a parte interna, aposte em uma iluminação de LED, com lâmpadas incandescentes muito bem selecionadas e espaçadas pelo ambiente. Já na parte externa, aposte no modelo de refletor e holofote de LED, já que elas possuem um poder de iluminação maior, sendo perfeita para iluminar grandes lugares, como um quintal.

Dentro do universo da iluminação residencial, há uma enorme quantidade de itens e modelos que podem ser combinados para um melhor projeto. Por isso, é tão importante saber como utilizar os tipos de luzes que existem.

 

Imagens: Google. *Esse post é uma publicidade.

Por: Thati Lovato

Deixe o seu comentário!

Comentários (0)