Como combinar acessórios com vestido de noiva!

Como combinar acessórios com vestido de noiva

A composição de um look de casamento, nem de longe resume-se na escolha de um vestido de noiva simples e  de um lindo sapato. Um dia tão especial como este, exige que tudo seja pensado nos mínimos detalhes, inclusive os itens que não deveriam, mas acabam sendo escolhidos sem o mínimo critério.

Os detalhes fazem toda a diferença, não é mesmo? E é justamente por isso que hoje daremos dicas de como escolher brincos, colares e tiaras para seu grande dia. Ficou curiosa para saber o que deve ser levado em consideração na hora de fazer essa escolhas? Continue lendo nosso conteúdo e confira:

Brincos

A escolha dos brincos deve seguir o penteado de cada noiva.

Em penteados com cabelo por cima da orelha o modelo stud ou em gotas são os mais usados, sobretudo pelas mulheres que buscam um visual mais clean.

Agora se o penteado for semi-solto ou enrolado, vale  a pena apostar nos  brincos compridos como o modelo de  brincos com franja, por exemplo.

Os maxi brincos estão em alta, mas se você vai escolher este tipo de acessório, tome cuidado para não cometer exageros. Os modelos de brincos mais longos tendem a afinar o rosto e ficam ótimos principalmente com o equilíbrio do vestido de noiva tomara que caia.

Se você for casar em um ambiente aberto durante o dia, prefira peças com menos brilhos e que contenham pérolas.

Colares

Da mesma maneira que os brincos devem seguir a proposta dos penteados, os colares devem estar de acordo com o tipo de decote dos modelos de vestido de noiva.

De maneira geral, em vestidos de noiva  com bastante detalhes o colar deve ser mais delicado, enquanto em vestido para casamento simples o colar pode ser mais trabalhado.

O vestido para casamento longo ombro a ombro e os colares de pérola foram uma dupla de pura elegância e delicadeza.

Já em vestidos de noiva sereia ou com decote em V devem ser utilizados colares do mesmo formato e com pingentes mais pesados.

O tradicional vestido tomara que caia não precisa necessariamente ser usado com colares, neste caso escolha um elegante par de brincos no modelo  chandelier.

Tiaras

As tiaras tornaram-se uma opção para as noivas que não querem investir na atenção dos brincos e colares.

Esse acessório confere ao look ainda mais romantismo – não importa se você escolheu um vestido de noiva com renda encorpado ou vestido de noiva rodado.

As tiaras agradam todos os estilos de mulheres e podem, inclusive, ser usadas com véus de todos os estilos.

Com um modelo de vestido de noiva estilo princesa opte por tiaras com acabamentos delicados com aplicações em pérolas ou outro tipo de pedraria.

Em visuais de noiva mais descontraídos e vestidos para casamento de dia as tiaras com flores são uma boa alternativa.

Agora que você já sabe de algumas dicas de como escolher seus acessórios para o grande dia pode escolher seu vestido com mais segurança. Boa sorte!

Por: Thati Lovato

Qual o melhor tecido de calcinha?

Qual o melhor tecido de calcinha?

Com o passar do tempo as calcinhas ganharam diversas versões como a calcinha caleçon, calcinha string, calcinha alta, entre outros. Não importa a modelagem, o tecido sempre foi fator determinante para contribuir com a saúde íntima feminina e proporcionar conforto às mulheres.

Na hora da compra não nos atentamos às características do tecido escritas em letras minúsculas na etiqueta das lingeries femininas, mas hoje vamos te informar sobre as principais características de cada tipo de tecido e sobre a importância de escolher bem.

Quais características devem ter um tecido para calcinha?

Seja para comprar uma calcinha sexy ou calcinha básica, é preciso saber que o tecido faz toda a diferença. Eles são determinantes para proporcionar o respiro  adequado da pele e permitir boa ventilação a fim de evitar o surgimento de bactérias e doenças sérias. É preciso levar em consideração o grau de flexibilidade que a peça oferece à mulher, assim como acontece com as calcinhas em lycra.

Nem pense em optar por modelos apertados, responsáveis por lesões e má circulação do sangue. Ainda está em dúvida sobre qual é o tecido você deve escolher em sua próxima compra de calcinha? Continue lendo nosso conteúdo e confira as melhores opções do mercado.

Tecidos mais procurados em Calcinhas

A escolha do tecido ideal tem influência na durabilidade, tempo de secagem, conforto, conforto térmico e preço de uma lingerie feminina. Essas são as variações mais procuradas na moda íntima.

Algodão

Este material é encontrado com frequência em calcinha cintura alta. Como principal característica, o algodão é eficiente com a transpiração da pele à medida que impede a proliferação de bactérias – é justamente por isso que o uso dessa fibra natural é indicada,  principalmente em períodos de altas temperaturas. O algodão ainda é fácil de lavar e possui tempo de secagem médio.

Microfibra

Muito conhecido por compor calcinhas sem costura, a microfibra é um tecido que passa conforto em dobro. O toque macio e a boa regulação da temperatura corporal são pontos fortes das calcinhas em microfibra.

 Poliéster

Com alta durabilidade o poliéster em calcinha fio dental é fácil de lavar e pode ser colocado direto na máquina. Por não facilitar a respiração da pele, esse tecido não deve ser utilizado no calor.

Renda

As rendas estão muito presentes em modelos de lingerie sexy – suas diversas padronagens fazem com que na maioria das vezes, estejam acompanhadas de transparências e aplicações. A calcinha de renda não favorece a transpiração da pele mas, por outro lado, é uma lingerie leve que seca em pouco tempo. E ai, o que achou das dicas?

Por: Thati Lovato

Biquíni Cropped – Tem pra todo gosto!

Biquíni Cropped – Tem pra todo gosto!

O biquíni cropped ganhou força total e destaque entre os modelos de biquínis da moda. O formato da peça mais lembra um top ou blusinha curta que com babados, aplicações e estampas diferenciadas colocaram à disposição das mulheres uma nova opção confortável e fashion para curtir o verão.

Ir à praia de biquini, por vezes pode deixar as mulheres inseguras, mas alguns modelos em específico, foram criados para minimizar desconfortos como acontece com o biquíni cintura alta  e mais recentemente, com o biquíni cropped com bojo.

A peça oferece sustentação para o público feminino que tem seios maiores, para as praticantes de esporte e também para quem busca por uma opção diferenciada de biquíni parte de cima.

A versatilidade dessa peça vai te proporcionar uma nova e agradável experiência no próximo verão, sem ter que ficar se preocupando a todo momento se algo está a mostra.

Você já escolheu o seu biquíni verão 2018? Caso não, confira todas as opções disponíveis no mercado para você. Agora, se já escolheu aproveite para incrementar seu look praia com os modelos de biquíni cropped.

Biquíni cropped manga longa

O biquíni cropped manga longa é uma das versões mais inovadoras da moda praia. É ideal para quem quer se proteger do sol ou praticar esportes aquáticos, como stand-up e o surf. Os tecidos específicos para praia dão maior proteção à pele contra a ação do o sol e da água.

Esse modelo, quando usado em conjunto com um biquíni hot pants também deixa as mulheres que querem esconder as gordurinhas mais satisfeitas, além de modelar o corpo. Os biquínis cropped de manga longa também são perfeitos para quem quer montar um look pós-praia.

Um acessório muito utilizado com esse recorte, seja em versões de biquíni estampado, biquíni preto ou ainda em outras cores sólidas, é colar body chain que dá um toque fashionista em uma composição de look pós-praia.

Biquíni cropped ombro a ombro

Também conhecido como biquíni ciganinha, o recorte que de ombro a ombro do biquíni cropped ganhou novos elementos com o passar do tempo. Os babados e franjas deixam a peça ainda mais fashionista e parecida com blusas da estação.

Assim como o biquíni tomara que caia com bojo, o biquíni cropped ombro a ombro confere maior volume ao busto, por isso é mais indicado para mulheres com busto menores e costas mais estreitas.

O ideal é combinar a peça com calcinhas mais discretas e lisas, para equilibrar o visual. Mas não se preocupe, você pode usar tanto com o modelo asa delta quanto com as calcinhas com amarrações laterais.

Biquíni cropped frente única

O biquíni cropped de frente única é  mais parecido com os biquínis tradicionais, em que há amarrações no pescoço e nas costas. A peça começou o sucesso com versões vintages com um biquíni listrado, de poá e com micro estampas.

A versão em crochê foi mais uma reinvenção do modelo que agradou as mulheres por transmitir um ar hippie podendo ser usado no dia a dia com combinações de saias longas e shorts – um visual completamente praiano e despojado.

Podemos comparar o sucesso do biquíni cropped com o do biquíni fio dental – peças inovadoras que romperam um padrão estabelecido previamente e se tornaram opções versáteis para qualquer tipo de mulher.

Ter biquínis lindos, nunca é demais! Se você ainda não tem um, dê uma chance ao biquíni cropped.

Por: Thati Lovato

Como escolher a sandália feminina certa para cada ocasião!

COMO ESCOLHER A SANDÁLIA FEMININA CERTA PARA CADA OCASIÃO!

Não é de hoje que a sandália é um tipo de calçado que desperta a verdadeira paixão do público feminino. Todo o amor oriundo de tiras e saltos criados em diversas cores e formas já é antigo e, provavelmente, nunca acabará. Embora a sandália de salto seja a opção preferida para ser utilizada apenas nos finais de semana e em eventos especiais, ela ainda possui um trabalho muito importante no closet feminino.

São elas as totais responsáveis por entregarem a elegância completa para qualquer look. Se quiser fazer uma comparação interessante, coloque a mesma roupa com e sem uma sandália e você verá o quanto o estilo muda com isso. Pensando nisso, separei algumas dicas para você sempre saber quais são os modelos mais conhecidos de sandálias femininas e como utilizá-los com diversas opções de looks para compor esse tipo de sapato.

Como utilizar os diferentes modelos de sandálias!

Segundo diferentes consultoras de imagem e estilo, quanto mais fechada for o tipo de sandália feminina escolhida e quanto mais ela cobrir o pé, mais curta deve ser a peça de roupa escolhida. Além disso, caso a sandália tenha tiras que sobem pelo peito do pé e pela perna, o ideal é que sejam em cores claras, como um nude, caso você queira deixar sua silhueta com aparência mais longa.

Outra dica importante para modelos de calçados fechados, como os estilos abotinados, e de tiras que vão até o tornozelo é que eles sejam evitados por mulheres que possuem pernas grossas, uma vez que eles podem evidenciar essa parte do corpo, deixando-a com uma aparência mais grossa.

 

Sandálias de salto grosso!

Modelo ideal para a mulher que gosta de salto e não abre mão do conforto, esse tipo de calçado possui uma excelente sustentação, sendo muito mais fácil andar com ele. Sua utilização pode ser feita tanto para situações do dia a dia como para produções noturnas que exigem mais sofisticação, bastando escolher um modelo que se adeque ao resto do seu visual.

 

Sandália Gladiadora!

O estilo mais excêntrico de sandália, ela é cheia de tiras e detalhes que podem ir até o joelho, sendo mais indicada para mulheres que possuem personalidade forte e gostam de ousar nos visuais. No caso dos modelos de cano alto existe a necessidade deles serem combinados com roupas mais curtas, enquanto os que vão até o tornozelo podem ser vestidos até com calças jeans.

 

Sandália de salto fino!

Mesmo não sendo os tipos de sandálias femininas mais desconfortáveis, isso pode acabar acontecendo, pois o grau de dificuldade para seu uso é muito maior, inclusive para quem não está acostumado com salto. Se você realmente quiser usar esse modelo, faça a opção por estreá-lo em locais onde você terá lugar para sentar. Uma sandália de festa  com salto alto neste estilo são finas e elegantes, combinando muito bem com produções sofisticadas e informais.

 

Sandália Anabela

Feita sempre com um salto que acompanha a largura total do calçado, a Anabela oferece estabilidade e segurança durante o caminhar. Na maioria dos casos, essas sandálias decoradas possuem o salto confeccionado em rolha ou outros materiais semelhantes, o que as tornam mais leves e informais. Entretanto, existem outras versões de sandália Anabela mais sofisticadas com o salto coberto por outro material, sendo o modelo ideal para ocasiões mais despojadas, nas quais você quer usar salto.

 

Sandália meia pata!

Com certeza, este é um dos saltos mais amados pelas mulheres, já que ele aumenta a altura em, pelo menos 10 ou 12 cm mantendo o conforto para os pés. Tudo isso por conta da plataforma que fica na frente do calçado, diminuindo o peso na parte do salto. Os modelos de sandálias femininas com este tipo de salto são perfeitos para ocasiões que exijam mais produção e um conforto que possa aguentar muitas horas em pé ou dançando.

 

Sandália Espadrille!

Conhecidas também como espadrilha, esses calçados da moda feminina são muito parecidas com a Anabela, porém possuem um estilo mais despojado e um salto feito de cordas. Essas características fazem com que a sandália espadrille seja ideal para dias mais quentes e passeios informais, como ir ao parque ou o shopping. Ela é extremamente confortável, dando ao calçado uma maior usabilidade com diversos estilos de roupa feminina.

 

Sandália plataforma!

Embora tenham perdido um pouco da força ao longo dos anos, as sandálias plataforma ainda possuem seguidoras fiéis e podem ser vistas em diversas vitrines. Elas possuem uma base inteiriça que mantém o pé inteiro no mesmo nível de altura.

Com isso, existe quem afirme seu conforto e também quem possui medo de torcer o pé. Por isso, vesti-la ou não acaba sendo uma questão inteiramente de gosto. Por conta de seu caráter despojado, ela é mais indicada para ser utilizado para utilização durante o dia. E ai, o que achou das dicas?

 

*Este post é uma publicidade.

 

 

Por: Thati Lovato

Como usar calça flare | Moda

Como usar calça flare: confira dicas de como usar uma das peças mais charmosas do guarda-roupa feminino!

 

A gente sempre ouve dizer que a moda é cíclica, não é? As tendências desaparecem e após alguns anos voltam a integrar nosso guarda-roupa, fazendo com que a gente se arrependa profundamente de ter doado ou aposentado certos itens. A calça flare é um dos melhores exemplos disso: a queridinha do guarda-roupa feminino também foi tendência há quatro décadas atrás e agora promete ser manter em alta por bastante tempo.

Inspirada nas antigas calças “boca de sino”, a calça flare traz uma modelagem mais moderna e versátil que vai bem com todos os tipos de corpo. Para as mais magrinhas, essa peça ajuda a delinear o corpo e deixá-lo mais curvilíneo, valorizando a região do quadril. Para quem possui coxas grossas e quadris largos, essas calças são capazes de equilibrar as proporções do corpo, deixando-o mais harmônico. Quer saber como explorar essa tendência com sucesso? Vem com a gente!

Use e abuse em qualquer ambiente

Sabe aquela peça realmente versátil que você sempre sonhou? Essa é a calça flare! Muito além de um item momentaneamente popular, a flare pode ser utilizada em quase todas as ocasiões e ambientes. Combinada com uma camisa, um salto alto e um cinto discreto você tem o look social perfeito para trabalhar com muito estilo e conforto. Para sair com os amigos ou ir para aquele encontro especial, é possível investir nos looks com calça flare e t-shirts divertidas que tenham um visual descolado, minimalista e super moderno. Se você é daquelas que ama ousar, pode experimentar um visual incrível combinando uma calça flare cintura alta com um cropped para arrasar na diversão noturna. A dica é sempre respeitar a harmonia entre as peças e entender qual o tipo de ocasião em que elas serão utilizadas, mesclando peças mais criativas ou mais sóbrias de acordo com o nível de seriedade do evento.

 

Experimente tecidos diferentes

O corte tradicional da calça flare tende a ser mais ajustado na região do quadril e das coxas, abrindo em triângulo na região do joelho nas peças mais amplas ou no meio da panturrilha nas peças mais suaves. No entanto, o tecido escolhido faz toda a diferença. A calça flare jeans é um dos itens mais versáteis, práticos e estilosos da moda feminina, te deixando incrível mesmo quando combinada com uma camisetinha básica. Se você não abre mão de um bom jeans, a calça jeans flare é perfeita para você, sendo aquela peça à prova de erro que pode ser usada para tudo, virando o famoso “uniforme” de toda mulher que quer estar elegante sem muita preocupação.

Mas nem só de jeans vive uma mulher. Por isso a calça flare bandagem faz tanto sucesso! Eu nem preciso falar que as peças em bandagem são perfeitas para quem quer valorizar o corpo, né? Esse tecido é famoso por modelar o corpo, deixando-o super curvilíneo. A dica para um visual noturno super sensual e de tirar o fôlego é combinar essas peças com um body ou blusa mais justa, sempre dosando a relação dos decotes e transparências para evitar excessos. Para o dia a dia, os tecidos leves e fluidos são a opção ideal na hora de escolher as blusas para usar com calça flare bandagem.

Além desses dois tecidos mais tradicionais, você também pode investir em uma flare mais leve e confortável para o dia a dia ou nos tecidos mais diferentões, como a flare de courino ou sarja. A dica perfeita é um clássico: sempre equilibre as peças, mesclando itens leves e lisos com peças mais pesadas e texturizadas, dando um toque super fashionista ao visual.

 

Se arrisque nas cores e texturas

Se você quer uma peça versátil, uma calça flare preta ou jeans é o ideal. Mas que tal ousar e sair da zona de conforto? Por alongarem a silhueta e deixarem o corpo bem delineado, as flares são uma excelente oportunidade para experimentar cores, texturas e estampas diferentes.

Para 2018, uma das principais tendências é o color blocking, que consiste na mistura de cores vibrantes um uma única produção. Para aproveitar o momento, basta investir em peças coloridas e simples, mas que conversem entre si. Nesse cenário, também é possível aplicar as combinações de tom sobre tom ou mesclar com estampas que possuam o tom da calça.

Se você acha que é um passo muito arriscado para se dar de uma vez, experimente combinar uma calça em tons vibrantes com peças mais discretas e em tons neutros. Outra tendência em alta são as estampas xadrez e risca de giz que podem ser combinadas tanto com tons vibrantes como com peças neutras e clássicas. Usá-las nas calças mostra domínio dos itens que estão em alta, além de proporcionar um visual moderno, estiloso e único.

Na hora de experimentar cores e estampas, vale a pena deixar a criatividade fluir para sair da zona de conforto e se dar a oportunidade de montar looks únicos, mas que mantenham sua personalidade.

 

 

Aposte no diferente!

Já falamos sobre tecidos e cores, mas não é só esse tipo de variedade que você pode encontrar na hora de adquirir a sua calça flare. Com a popularidade desse item aumentando cada vez mais, você pode investir em peças estampadas ou com recortes diferentes, como aberturas, fendas, trançados e até mesmo os rasgos clássicos dos modelos destroyeds. O legal de experimentar essas variações mais moderninhas é montar looks únicos e personalizados que parecem feitos sob medida para você.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como usar calça flare, está esperando o que para montar seus looks? Abuse da criatividade e do estilo na hora de se vestir e descubra como transmitir toda a sua personalidade ao mundo. Não esqueça de escolher peças que te deixem confortável, afinal, estar na moda é estar de bem consigo mesma!

 

*publieditorial

Por: Thati Lovato